terça-feira, 30 de novembro de 2010

Amnésia



Estou parada aonde você me deixou;
Por que não vês me buscar?
É noite fria, na rua ninguém mais além de mim há, onde está?
Acaso não vês me buscar?
Amanheceu, um sol triste e desmotivado, onde estou?
Para onde ia?

Nenhum comentário:

Postar um comentário